domingo, 26 de abril de 2009

1969 - Woodstock

1969 - Woodstock, um mega evento, o maior festival de música de todos os tempos. O festival "Woodstock Music and Art Fair", subtítulo "Primeira Exposição Aquariana, tinha o slogan "Três dias de Paz e Música".
Há quase 40 anos atrás, nos dias 15, 16 e 17 de agosto do ano de 1969 em uma fazenda da pequena cidade rural chamada Bethel, Nova Iorque, aconteceu Woodstock. Símbolo da rebeldia da juventude de 1969, Woodstock entrou para a história como a revolução jovem da geração 'Paz e Amor'. Sexo, droga e muito rock and roll de qualidade são as marcas registradas desse movimento de contracultura que clamava pela paz e dizia "Não" a Guerra do Vietnã. Foi a mesma geração que no dia 21 de julho de 1969, um mês antes da realização de Woodstock, assistiu maravilhada a chegada do homem na lua na nave Apollo 11, quando o astronauta Neil Amstrong pisou na lua.



Durante três dias, o local onde foi realizado o festival de Woodstock se transformou num território sem lei e sem preconceitos, em Woodstock 'valia tudo', o amor e as drogas eram livres.
Os organizadores estimavam 200 mil participantes, mas 500 mil pessoas fizeram parte do evento que não tinha a menor infra-estrutura para atender o imenso volume de gente. A maior parte dos participantes invadiram o festival sem pagar. Faltou comida, bebida e instalações sanitárias, mas nada disso parecia atrapalhar a imensa confraternização do rock, nem mesmo a chuva e o excesso de lama.











O que poderia ter sido uma tragédia tornou-se a nação da contracultura, uma explosão de rock de qualidade, onde nomes como: Janis Joplin, Jimi Hendrix, Joe Cocker, Carlos Santana, Joan Baez, Richie Havens, Johnny B. Goode, entre outros, engrandeceram o festival Woodstock 1969.











Até hoje nenhum evento de música ganhou do mítico e lendário Festival de 1969 - Woodstock, as imagens da geração hippie que revolucionou o comportamento dos finais dos anos 60 e começo dos anos 70 estão até hoje na memória, na história da música popular como o maior evento de todos os tempos.

As imagens de Woodstock. Comemorando 40 anos em agosto de 2009.















10 comentários:

Clarissa disse...

Olá, Beth. Tudo bem? Sou a Clarissa, trabalho na Edelman, agência de comunicação do site ComoTudoFunciona. Sempre damos uma passeada pela blogosfera para pensar em novas pautas/assuntos pro site e caí no seu blog.
40 anos do maior festival de rock de todos os tempos tem que ser comemorado, né? O co-fundador do festival quer realizar uma edição pra relembrar o evento neste ano, mas parece, faltam patrocinadores.
No site tem um artigo sobre o Festival, acho que vc vai gostar de ler - http://lazer.hsw.uol.com.br/woodstock.htm
Um abraço e parabéns pelo blg.

Priscila Lima disse...

acho que nasci na epoca errada..rsrs
Abraço ...parabens pelo seu trabalho...(Priscila Lima)

Beth Cruz disse...

Obrigada Clarissa!
Grande abraço.

Beth Cruz disse...

Obrigada Priscila!
Woodstock é de fato muito polêmico, o retrato de uma geração, que apesar de não saber o caminho certo, tinha convicções nobres também.
Beijo

Arthurius Maximus disse...

O festival de Woodstock foi fantástico e cunhou definitivamente o espírito de liberdade do Rock.

Rê. disse...

Seu site caiu como luva! Visitei o linklog para postar os links do meu blog, daí resolvi clicar em alguns. Estava querendo ler uma matéria sobre Woodstock há séculos. Brigada e parabéns. As fotos são espetaculares. Bem, sou nova nesse meio, gostei do seu blog, estou adicionando ele na sessão de favoritos do meu. Se quiser, fique a vontade para visitar o meu: http://meiotrash-meiotudo.blogspot.com

Abraço e um ótimo final de semana!

Gookz disse...

a ter vivido nessa epoca pra ter a oportunidade de ter feito paret do evento...

Renata disse...

eu tenho plena certeza d que nasci na epoca errada!
perdi as melhores coisas!

girlane disse...

oiê.. quando eu ouvi falar sobre woodstock eu pensei... que besteira deve ser.. mais agora que eu sei o que foi .... sei q eu nasci na epoca errada.. . as vezes as koisas deverim acontecer como aconteciam nessa epoca... bjoss...

Anônimo disse...

O Festival mostrou ao mundo que tudo pode mudar , basta atitude. O movimentro hyppiegiu, contentando a sociedade hipócrita e violenta, as classes sociais marcadas, o destino imutável. Pena que o MH foi engolido pelo capitalismo. O Movimento Hyppie deixou muitas coisas além das gírias e dos cabelos grandes. a juventude pensava grande, na igualdade, no fim das fronteiras, das guerras, do trabalho pelo dinheiro. Mas quem sabe um dia vejamos reflorescer.