terça-feira, 4 de novembro de 2008

China - Economia, Arte e Cultura

China, capital Pequim, é o país que mais atraí as pessoas e "mercados", que buscam informações a respeito de seus aspectos culturais muito rico ou relações comerciais.
A China é a economia que mais cresce no mundo, logo atrás aparece a Índia.
Possui um imenso território, o terceiro maior do mundo em área.
A República popular da China é governada pelo Partido comunista Chinês que governa por meio de um sistema de partido único.



Devido ao crescimento relâmpago de sua economia, a china é considerada como uma superpotência emergente, seu crescimento é orientado à exportação, desde que adotou a economia mista de mercado.
As reformas adotadas nos últimos anos, tiraram cerca de 400 milhões de pessoas da linha da pobreza, mas o país enfrenta sérios problemas devido ao envelhecimento de sua população e as disparidades entre a renda urbana e a rural.
O PIB da china, não dá uma clara visão de que na China a maioria de sua população vive ainda em condições de miséria. O que eleva a renda per capita do país é a renda da população dos grandes centros urbanos, onde vive a minoria da população do país e a qualidade de vida é muito boa.
O país também enfrenta problemas ambientais sérios: poluição da água, do ar e industrial, considerado um dos maiores emissores de carbono do mundo, contribuindo assim para o aquecimento global.
A China é um dos países menos livre em termos de liberdade de expressão, sua constituição possui direitos e garantias individuais, mas mesmo assim a censura à manisfestação de opiniões, prisões sem julgamento, torturas, são violações dos direitos humanos muito comum no país.
O grande interesse que os países tem na China, deve-se ao fato de que a China é o terceiro maior importador e o segundo maior exportador do mundo.
O país é o maior consumidor mundial de aço e concreto e o segundo maior importador de petróleo.

A Cultura Chinesa



A cultura da china mescla tradicão com a modernidade.
A Arte Chinesa foi uma fonte de inspiração para todo o oriente e até mesmo para europa que introduziu técnicas chinesas de tecelagem e cerâmica.
A caligrafia é uma arte nobre que tem íntima relação com a pintura, pois os pintores em sua maioria, não utilizam telas nem madeira nem tinta a óleo, e sim, sêda ou papel com aquarela.
A porcelana foi fabricada pela primeira vez na China, uma arte milenar muito apreciada pelo seu povo.
A arquitetura é outra distinção cultural da China.



Para os chineses, comer, além de ser uma atividade social, ela representa o alicerce de sua cultura. Para um chinês, comer é um prazer divino, eles sentem fascinação por comida. Essa obsessão é tanta que ao invés deles se cumprimentarem dizendo, "como vai?", eles dizem "Já comeu?



A culinária chinesa é rica em carboídratos, Arroz e o talharim, são os pratos principais. Para os chineses é muito selvagem ter uma faca na mesa, por isso os alimentos são preparados e servidos em pedaços pequenos. Usa-se o hashis, pauzinhos que servem para levar o alimento à boca, e as colheres normalmente são de cerâmica.



Por ser um país de extensa área e muitos estilo regionais a cultura alimentar é variada, mas o chá é uma bebida popular, sendo considerada uma das sete necessidades diárias, as outras são: arroz, óleo, sal, molho de soja, vinagre e a lenha.



Os pratos variam: carneiros, pato, caranguejo, cachorro, cabeça de peixe, pé de porco, intestino de frango, nadadeira de pato, lesma marinha, testículo de boi, escorpião, broto de bambu, raízes de lótus, algas marinhas, cogumelos ou musgos. Os chineses comem todos os animais que tenham quatro patas, com excessão do Urso (proibido).





Carne de Cachorro



Artes Marciais - Existe uma grande variedade de estilos de artes marciais provinientes da china. Os estilos são geralmente rápidos e explosivos, com foco na força física e agilidade.



Principais Pontos turísticos da China

Os Guerreiros de Terracota



A Grande Muralha da China



Xangai



Hong Kong



Dafo, o Grande Buda, tem 71 metros ­de altura (patrimônio da Unesco).



(veja mais fotos, acessando o link acima - Principais pontos turísticos da china)

As raízes da filosofia (e perspectiva religiosa) chinesa estão no Confucionismo, Taoísmo e Budismo

"Não sei se Marx aprova tudo o que estamos fazendo aqui. Mas vou encontrar-me com ele no céu e conversaremos a respeito."

Deng Xiaoping, líder comunista, responsável pelo processo de abertura econômica da China, em 1986

Um comentário:

Guilherme Freitas disse...

Tenho muita vontade de conhecer a China. ALguns amigos estiverão lá durante a Olimpíada e só me contaram maravilhas do lugar. Um dia eu irei até lá. Legal que o Blog voltou Beth. Abraços.