sábado, 21 de março de 2009

Esculturas - As mais Famosas

A escultura é considerada uma das mais bela das artes, a quarta das artes plásticas. Uma arte que cria imagens plásticas em relevo total ou parcial. Na criação das mais famosas esculturas normalmente são usados materiais como: bronze, mármore, argila (terracota), cera ou madeira.
Essa é uma seleção das mais belas e mais famosas esculturas de todos os tempos, mas como a arte é subjetiva pode ser que você considere outras que não estejam nessa seleção.

Pietá, de Michelangelo



Pietá (1499) é uma das mais famosas esculturas feitas pelo artista Michelangelo - Ícone da Renascença Italiana. Representa o corpo de cristo morto nos braços da Virgem Maria. Não existe um consenso sobre a obra prima de Michelangelo, uns dizem ser Pietá a mais bela obra, outros julgam ser David, sua melhor escultura.


O Êxtase de Santa Teresa, de Gian Lorenzo Bernini



O Êxtase de Santa Teresa é uma escultura de Gian Lorenzo Bernini, um dos maiores escultores do séc. XVII, realizada para a capela do cardeal Federico Cornaro, em estílo Barroco, representa a experiência mística de Santa Teresa de Ávila trespassada por uma seta de amor divino por um anjo. A estátua se encontra na Igreja de Santa Maria Della Vittoria, Roma.


David, de Michelangelo



David ou Davi, é mais uma das obras primas de Michelangelo. A escultura retrata o herói bíblico e seu realismo anatômico impressiona. David é considerada por muitos a obra mais importante de Michelangelo, medindo 5,17 m, é hoje considerada o símbolo máximo da República de Florença. A obra pode ser visitada na Galleria dell'Accademia em Florença.


A Vênus de Milo





A Vênus de milo representa a deusa grega Afrodite, deusa do amor sexual e da beleza física. É considerada uma das mais famosa estátua grega, feita em mármore com 203 cm de altura. Quanto sua autoria, supõem-se que seja de Alexandros de Antióquia. A Vênus de Milo foi encontrada na ilha de Milo, no mar Egeu. A estátua encontra-se no Louvre, Paris.


Grupo de Laocoonte



O Grupo de Laocoonte é uma escultura em mármore, conhecida também como 'Laocoonte e seu filhos'. A escultura representa Laocconte (sacerdote de Apolo) e seus dois filhos, Antiphantes e Thymbraeus, sendo estrangulados por duas serpentes marinhas, em referência a um episódio dramático da Guerra de Tróia relatado na Ilíada de Homero. A autoria dessa escultura é atribuida por Plinio a Agesandro, Atenodoro e Polidoro, três escultores da ilha Rodes.


O Beijo, de Rodin



O Beijo é uma escultura do artista realista Auguste Rodin, feita em mármore e que representa os delírios amorosos vividos por Rodin e sua assistente, Camille Claudel.

Os Doze Profetas, de Aleijadinho



Foto: Da esquerda para direita: Amós, Abdias, jonas, Baruc, Isias, Daniel, Jeremias, Oséias, Ezequiel, Joel, Habuc e Naum.
Os doze Profetas de aleijadinho são esculturas em pedra sabão realizadas entre 1795 a 1805 pelo escultor Antônio Francisco Lisboa, conhecido como Aleijadinho. As doze esculturas ficam no Adro do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, Congonhas do Campo.

Moisés, de Michelangelo



Moisés é outra grande obra prima de Michelangelo. A escultura encontra-se na entrada da Igreja de San Pietro in Vincoli, Roma.


O Pensador, de Rodin



O pensador, em Francês, Le Penseur, é uma escultura em bronze feita por Rodin e que retrata um homem em meditação lutando com uma poderosa força interna.
Originalmente chamado de O Poeta, a peça era parte de uma comissão do Museu de Arte Decorativa em Paris para criar um portal monumental baseada na Divina Comédia, de Dante Alighieri. Cada uma das estátuas na peça representavam um dos personagens principais do poema épico. O Pensador originalmente procurava retratar Dante em frente dos Portões do Inferno, ponderando seu grande poema. A escultura está nua porque Rodin queria uma figura heróica à la Michelangelo para representar o pensamento assim como a poesia.
Rodin fez sua primeira versão por volta de 1880. A primeira estátua (O Pensador) em escala maior foi terminada em 1902, mas não foi apresentada ao público até 1904. Tornou-se propriedade da cidade de Paris graças a uma contribuição organizada pelos admiradores de Rodin e foi colocada em frente do Panteão em 1906. Em 1922, contudo, foi levada para o Hotel Biron, transformado no Museu Rodin. Mais de vinte cópias da escultura estão em museus em volta do mundo. Algumas destas cópias são versões ampliadas da obra original assim como as esculturas de diferentes proporções.

O Instituto Ricardo Brennand na cidade do Recife, Pernambuco, possui uma réplica autorizada da obra, exposta nos seus jardins.

Apolo e Dafne, de Bernini



Apolo e Dafne é uma das mais famosas esculturas de Gian Lorenzo Bernini, grande escultor do barroco italiano. Dafne foi o primeiro amor de Apolo. Essa escultura encontra-se na Galleria Borghese, Roma, Italia.

Augusto de Prima Porta



Augusto de Prima Porta é uma estátua de Augusto César que foi descoberta em 20 de abril de 1863 na Villa de Augusto, Prima Porta, Roma, foi talhada em mármore. Atualmente está a mostra no Braccio Nuovo no Museu do Vaticano.

Baco, de Michelangelo



Baco, uma estátua feita em mármore que mede 203 cm de altura, foi encomendada pelo banqueiro e colecionador Jacopo Galli para o seu jardim que queria uma escultura que representasse jovialidade e sensualidade. Baco segura na sua mão esquerda uma pele de leão e um cacho de uvas de onde se alimenta um fauno. A estátua de Baco encontra-se no Museu Nacional de Bargello em florença, Itália.

Estátua de Bronze de São Pedro, de Arnolfo di Cambio



A estátua de Bronze de São Pedro representa o apóstolo Pedro sentado em seu trono segurando as duas chaves do céu em sua mão esquerda, e a direita em gesto de bênção à antiga moda grega, os dois dedos estendidos em reconhecimento da natureza dual de Cristo, divina e humana, enquanto os outros três dedos se unem num sinal da Santíssima Trindade. É um ritual antigo em que todos os peregrinos homenageiam a estátua, tocando-a com sua mão ou beijando o pé que se adianta. A estátua em bronze de São Pedro que se encontra na Basílica de São Pedro em Roma se atribui geralmente ao escultor Arnolfo di Cambio.

11 comentários:

MDuval disse...

Independentemente da maravilha da postagem, gostaria de lhe agradecer, em nome de todos os mineiros de bom coração, apaixonados por sua terra natal, a inclusão em sua seleção dos doze profetas de Aleixadinho.
Grande ABÇo.
Margareth

Beth Cruz disse...

Como brasileira, decepcionada com a política brasileira, mas orgulhosa da nossa rica cultura, não poderia deixar de fora o grande mestre do barroco mineiro, Aleijadinho, um homem que apesar das limitações físicas, produziu esculturas maravilhosas em pedra sabão e entalhes de madeira.
Minas Gerais tem motivos de sobra para se orgulha desse talento.
Obrigada Margareth por sua atenção e o carinho de sempre.
Beijão

"Antonio" disse...

Olá lindas Fotos e Esculturas suas
muito legal gostaris que vc desse uma visita nós meus blog é como uma troca de link póis seu comentário la faz com que eu retorne aqui e visiveu para oltros que estão comentando Abraços Antonio

http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

http://oblogdasnoticias.blogspot.com/

LinkC disse...

Boa lista... mas acho que poderia incluir tb o Moisés...

Anônimo disse...

Parabéns pela matéria ... tive o prazer de ver algumas dessas ao vivo, e são ainda mais lindas e emocionantes !

Beth cruz disse...

Olá LinkC!

você quase me deu um susto, cheguei a acreditar que tinha esquecido de incluir a escultura de Michelangelo, Moisés, rsrssss
Dá uma olhadinha com calma que você vai perceber que a escultura de moisés encontra-se entre as minhas selecionadas.
Abs

nanda disse...

NOOSSA!!!Obrigadão seis me ajudaram muito no trabalho sobre artes plastica

valeu!

matheus disse...

muito obrigada pelas fotos, origens etc das esculturas, me ajudaram a fazer minha lição de artes, voces nem imaginam o quanto ass mila e bia

JULIANNE disse...

NOSSA BRIGADÃO PELAS IMAGENS E INFORMAÇÕES AJUDOU MUITO NO MEU TRABALHO DE FILOSOFIA..........

joão disse...

no meu curso de arte encontrei a direção que devo tomar na vida artistica, me tornei um escultor dou forma ao bruto. e observandoa historia vejo as riquesas nessas grandes estatuas que ninguem jamais coseguira ultrapassar oq ue foi deixado por estes eternos artistas.

Estátuas e Chafarizes para jardim. disse...

Parabéns pela informação da pelo seu blog. Eu gosto tanto de esculturas, que hoje tenho uma loja no Rio de Janeiro, que até parece um museu de tantas estátuas. É a maior do Rio.
www.quintadellarte.com.br.

Gilberto Duarte