quarta-feira, 25 de março de 2009

O Presidente Negro - Download

O Download do livro 'O Presidente Negro', de Monteiro Lobato, primeiramente intitulado 'O Choque das Raças ou Presidente Negro', está disponível na internet gratuitamente para quem se interessar. Atualmente o livro é intitulado "O Presidente Negro ou Choque de Raças", um romance de ficção científica escrito em 1924 que se desenrola no ano de 2228 e fala da vitória de um negro eleito Presidente dos EUA, se tornando o homem mais poderoso do mundo. O livro aborda questões como racismo e segregação racial entre negros e brancos e também fala de uma rede de comunicação que permite as pessoas se comunicarem a distância - Internet?

Imagem original da Capa do Livro 'O presidente Negro'



O único romance escrito por Lobato, 'O Presidente Negro ou choque das Raças", foi um livro que não fez o menor sucesso na época em que foi lançado. Somente no ano de 2008 quando Barack Obama vence a eleição Presidencial dos EUA, se tornando o primeiro Presidente estadunidense negro, o livro aparece na mídia como sendo uma profecia, uma visão futurista de Monteiro Lobato.

Leia o livro de Monteiro Lobato e tire suas conclusões.
clique, Download Monteiro Lobato - O Presidente Negro.


Foto da capa do livro, Repórter Net

9 comentários:

Gabriel disse...

Monteiro Lobato é atemporal e, quem diria, sempre esteve muito a frente de seu tempo. Nunca soube desse livro, mas bom saber que ele está enfim tendo seu reconhecimento, ainda que tardio!

Zezéu disse...

Já li este livro, em '87. É interessante, porém uma obra menor. Comete alguns equivocos. A única coisa que remete, ao contexto atual é o fato do personagem ser negro. A receptividade do advento, os custumes sociais são bem diferentes. Assim, como os resultados. No máximo, vale pra divulgar o valor do escritor como cidadão brasileiro empreendedor e para suas obras de substâncial valor.

Beth Cruz disse...

Concordo com você Zezéu!
Abraço

Anônimo disse...

Interessante. Sempre encherguei Lobato como racista. Talvez estava enganado. Lerei o livro.

LEONARDO disse...

Procurem por um texto do Monteiro Lobato que trata do convite que a panela de aço fez à panela de barro para um passeio. Trata-se do incentivo norte-americano ao desenvolvimento de determnados setores brasileiros.

Erineide disse...

Terminei de ler o livro,estou mais apaixonada ainda por Monteiro Lobato,o livro é de uma riqueza extrema,gostei de como Lobato aborda todas as questões apresentada no livro,desde a questão racial até a ciência,a relação humana, o papel da História-e os contadores da História- ,a questão do tempo e a finitude do homem por mais inteligente que seja,assim como a questão da humildade.Lobato é simplesmente o ESCRITOR.

João Vítor disse...

Monteiro Lobato, com esse livro, prova de maneira quase inescusável que julga a pessoa negra inferior à pessoa branca, ou seja, mostra-se racista. Uma leitura mais atenta e preocupada necessariamente leva a tal conclusão. Não esqueçamos que Monteiro foi homem branco, cujos pais e avós foram donos de escravos, que vivia num tempo em que o Brasil ainda era um país onde o racismo era a regra e não havia vergonha em expressá-lo (diferente de hoje, não porque o racismo não exista mais - ele ainda existe e ainda é forte -, mas porque atualmente as pessoas têm vergonha de ser racistas, embora muitas ainda o sejam). Endossar tal livro só porque o seu escritor possui um bom talento literário, esquecendo seu conteúdo nitidamente racista, além de ser uma postura pouco crítica e até alienada, é uma interpretação incompatível com o respeito que o mundo deve a um povo que viveu, e ainda vive, sob a dor de séculos de exploração e sofrimentos.

Anônimo disse...

POIS EU ACHO QUE ELE ATIRA PROS DOIS LADOS; TEM CERNE 2.0; VEJA QUE ELE INSERE A QUESTÃO FEMINISTA E MESMO VILANIZA O BRANCO COLOCANDO O NEGROIDE MAIS UMA VEZ COMO VITIMINHA DO "HOMEM BRANCO MAU" E AS MULHERES COMO VITIMINHAS DO "HOMEM BRANCO MACHISTA HETEROSEXUAL" - CHEGA A METER NOJO MESMO..!!ME DECEPCIONEI COM O LIVRO; ESPERAVA ALGO MENOS POS-65..!!

Anônimo disse...

que o mundo deve a um povo que viveu, e ainda vive, sob a dor de séculos de exploração e sofrimentos.

12 de junho de 2009 14:25

MUITOS POVOS JA FORAM ESCRAVOS DE OUTROS E NEM POR ISSO OS ITALIANOS NUNCA PAGARAM UM SÓ CENTAVO POR ESCRAVIZAREM ALEMÃES E FRANCESES NA ANTIGUIDADE, NEM JUDEUS KHAZARES POR VENDEREM ESLAVOS AOS TURCOS NA IDADE MEDIA, NEM OS PROPRIOS NEGROIDES A SE VENDEREM UNS AOS OUTROS POR PENICO E CACHAÇA AOS JUDEUS ATRAVESSADORES..!!

ESSA SUA APELAÇÃO AO SENTIMENTALISMO IRRACIONAL CURIOSAMENTE EDITA A HISTORIA E COLOCA OS NEGROS COMO SE FOSSEM SÓ VITIMAS E NUNCA ALGOZES; VEJA O DARFUR, VEJA RUANDA, VEJA A CRIMINALIDADE NEGROIDE, VEJA O GENOCIDIO BOER NA AFRICA DO SUL E ZIMBABWE, VEJA O KHMER VERMELHO(ESSE NÃO ERA NEGROIDE, MAS ERA OUTRO NÃO-BRANCO, PRA VC´S VEREM QUE NÃO FOI SÓ A RAÇA BRANCA QUE COMETEU ISSO - É UMA COISA INERENTE DE SER MAMIFERO..)!!

E SE VC COMPARAR HÁ 45 ANOS VERÁ QUE OS CRIMINOSOS NEGROS MATAM MUITO MAIS BRANCOS E NÃO-NEGROS QUE OS BRANCOS E AMARELOS MATAM NEGROS VIA ASSALTOS E AFINS - UM GENOCIDIO SILENCIOSO..!!

E FORA O GENOCIDIO AUTOSSOMICO/GENOMICO DELES CONTRA NÓS VIA VIRA-LATIZAÇÃO..!!