sábado, 12 de setembro de 2009

História do Halloween – Dia das Bruxas

Halloween (dia das bruxas) é um evento tradicional e cultural, comemorado no dia 31 de outubro nos países anglo-saxônicos, em especial, nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido. Para entender a celebração do Halloween é preciso conhecer a história, a origem pagã e cristã dessa manifestação cultural.

halloween

A Origem Pagã do Halloween

A origem pagã do Halloween tem haver com a celebração religiosa dos druidas, onde o povo celta, em comemoração ao final do equinócio de verão e início do solstício de inverno, realizava o Festival de samhain (um culto aos mortos), entre os dias 5 e 7 de novembro. Nessa data os sacerdotes druidas incorporavam os mortos que voltavam para visitar seus familiares.

A Origem Cristã do Halloween

A palavra “Halloween”, segundo versões, foi primeiramente chamada de All Hallow’s Even, noite anterior ao dia de ‘Todos os Santos’ (dia 31 de outubro), instituido pelo Papa Gregório IV como sendo o dia da vigília de todos os santos. Com o tempo, o nome All Hallow’s Even foi sendo mudado até chegar a palavra Halloween.

Contam ainda que, a Igreja Católica na Idade Média, com o objetivo de eliminar a festa pagã do Samhain, realizou uma verdadeira ‘caça as bruxas’. Todos aqueles que praticavam rituais pagãos de curandeirismo (da cultura celta), eram julgados pela inquisição e quase sempre, bruxos e bruxas, como eles designavam, eram queimados na fogueira (autos-de-fé). Até então, o Halloween não tinha nenhuma conotação com as bruxas.

Tudo que se sabe a respeito da cultura celta e de sua religião, são dados (fatos) transmitidos oralmente, não existe registro histórico.

Na Irlanda, o berço do Halloween, o povo acreditava que na noite do dia 31 de outubro as almas voltavam a terra e possuiam as pessoas. Para se proteger, a população (das zonas rurais) nesse dia se fantasiava, apagava tochas e fogueiras e saia às ruas com o propósito de espantar os mortos. Foi na Irlanda que surgiu a tradição, a lenda folclórica do Jack O’Lantern (Jack Lanterna).

Em 1840, o povo irlandes (de etnia e cultura celta), fugindo da fome que assolava o país, levou para os Estados Unidos a comemoração do Halloween e a tradição do Jack O’Lantern (abóbora esculpida e iluminada).

Conheça - A Lenda de Jack O’Lantern

Hoje em dia as comemorações do Halloween muda muito de um lugar para o outro, além de não ter mais a mesma conotação de sua origem.

Foi nos Estados unidos que o Halloween se popularizou. É muito comum nesse dia vê crianças fantasiadas na rua pedindo doces (Trick-or-treat – Travessuras e Gostosuras), uma brincadeira originada de um costume europeu, conhecido com o nome de “Souling” (almejar), comemoração de todas as almas, onde os cristãos iam de porta em porta pedindo o “Soul Cakes” (bolo de almas), feitos de pequenos quadrados de pão de groselha.

criancas doces halloween 

Entre as Fantasias mais comuns do Halloween dos Estados Unidos, destacam-se: bruxas, capetinhas, vampiros, animais, múmias, caveira, supermam, mulher gato, mulher maravilha, homem aranha, mago, princesas, etc.

Símbolos do Halloween (Dia das Bruxas)

A Abóbora Iluminada – simboliza a fertilidade e sabedoria; a vela, os caminhos do espírito no plano astral.

abobora dia das bruxas

O Caldeirão – dentro dele os convidados atiram moedas e mensagens com pedidos aos espíritos.

caldeirao

A Vassoura – ao contrário do que diz a lenda popular, a vassoura não é o símbolo do meio de transporte das bruxas, mas sim, o símbolo do poder feminino, capaz de limpar as energias negativas.

vassoura halloween

Moedas e Bilhetes com Pedidos – as moedas são recolhidas no caldeirão para serem doadas aos necessitados; os bilhetes com os pedidos são queimados, através da fumaça eles se elevarão na esperança de serem atendidos.

moedas

A Aranha – simboliza o destino.

chapeu_aranha_com_teia_halloween

O Morcego – simboliza a clarividência, mesmo sem a visão ocular, captam os campos magnéticos pela própria energia e sensibilidade.

morcego halloween

O Sapo – símbolo lunar, atributo dos mortos e da magia feminina.

sapo simbologia

A Maçã – na festa do Halloween é usada como símbolo da vida e está associada também aos deuses do amor.

maca

O Gato Preto - símbolo ligado ao poder de uma bruxa de se transformar em gato. Também é visto como fonte de azar e espírito de pessoas mortas.

gato-preto

Simbologia das Cores - Halloween

Laranja – símbolo de vitalidade e energia que produz força.

Preto – cor usada por mestres, sacerdotes, magos, bruxas e feiticeiras.

Roxo – símbolo da magia ritualística muito usada no dia das bruxas.

Halloween - Dia das Bruxas no Brasil

No Brasil o Halloween (dia das bruxas) é celebrado timidamente no dia 31 de outubro. Sem raízes culturais sólidas o dia das bruxas causa protestos por parte de grupos nacionalistas que julgam que temos uma diversidade cultural muito grande e não precisamos importar estrangeirismos. Inclusive, em São Paulo, a cidade de São Luiz do Piratininga decretou que o dia 31 de outubro é o dia do Saci Pererê, um dos personagens mais importantes do rico folclore brasileiro. Para esses críticos o Saci  Pererê deveria ser celebrado no lugar de se comemorar o dia das bruxas.

halloween brasileiro

Apesar do Halloween ser uma comemoração sem muita popularidade no Brasil, os eventos comemorativos está se difundido e a cada ano conquista mais adeptos. Ao estilo “oba oba” o dia das bruxas no Brasil não tem qualquer conotação com as celebrações que ocorrem em outros países. No Brasil manifestações timidas podem ser observadas nas decorações de shoppings centers, grupos de amigos ou casas noturnas que realizam bailes a fantasia, onde os símbolos do Halloween fazem parte da decoração e do vestuário das pessoas.

Para alguns religiosos brasileiros e internacionais, o Halloween (dia das bruxas) é visto como um ritual satânico camuflado de manifestação cultural onde se celebram as drogas, o sexo e rituais de sacrificios. Esse mesmo grupo vê na globalização os valores satânicos pregados e propagados pela Nova Ordem Mundial.

Será?

Qual a sua opinião?

Leia mais em:

Halloween é Satanismo – Brasil País Cristão

Wikipédia – Dia das Bruxas

História do Halloween

4 comentários:

Brazeva disse...

tá antecipandoo halloween, é? UHAaacho essa lenda do jackmuito interessante, aliás, se a gente olhar há muitas "lendas" ótimaspor aí. Boa samana =)

Salette disse...

Eu, particularmente, não gosto. O dia das bruxas não faz parte do nosso imaginário. Temos tantos elementos por valorizar dentro de nossas lendas e mitos.
Meus filhos nunca participaram.
Mas achei a matéria bem interessante e vou indicá-la para a diretoria social do condomínio onde moro (aqui se comemora este dia, infelizmente).
Bj
Salette

Renata de Aragão Lopes disse...

Uma aula sobre magia! : )
O assunto me desperta
tamanho interesse...
Já conhecia a origem,
mas fiz questão de relê-la.

Um beijo,
doce de lira

Anônimo disse...

E mais uma vez o Brasil dá um exemplo de ignorância.

Não quero ser sádico nem hipócrita mas será que quem publicou e quem gosta desse tipo de coisa conhece a história do nosso país?

Apreciar o que é de fora já é moda por aqui, apreciar o que é nosso de fato gera vergonha nesse tipo de gente.

Aí vem um ignorante qualquer e diz: "Affe! Nada a ver!"

Procure se informar a respeito por exemplo do desrespeito que os Bandeirantes (visto pelo povo como heróis) tiveram para com o índios e suas terras.

Pobre povo brasileiro!