sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Indenização aos Filhos da Escravidão

Indenização de 200 mil aos Filhos da Escravidão

Foi lançada uma nova polêmica - A criação da comissão de Indenização aos Descendente de Negros Africanos Escravizados no Brasil foi tema de uma audiência pública realizada pela comissão de Direitos Humanos e Legislativa Participativa do Senado com uma proposta que prevê o pagamento, em parcela única, de, no mínimo, R$200 mil aos que comprovarem o vínculo com os escravos.

O dinheiro necessário para pagar a indenização proposta aos descendente de escravos no país equivale a 600 PIBs dos EUA.

Você concorda com essa indenização aos descendente de negros africanos escravizados?


Leia mais sobre o assunto: Correio Braziliense

3 comentários:

Dri Viaro disse...

Bom dia, que vc tenha um fim de semana delicioso.
bjsss

Brazeva disse...

Eu não concordo.
É ignorância querer indenizá-los por agressões cometidoas há milénios atrás em pessoas da família que teoricamente nem conheceram. Sei lá, e os escendentes dos judeus que morreram na II Guerra? E os índios? Se forem invenntar agora de indenizar cada um que teve, de alguma forma, ligação com essas atrocidades cometidas no passado, o mundo vai á falência.

Beth Cruz disse...

Eu penso que não dá para corrigir os erros do passado (pelo menos dessa maneira não); são tantos os injustiçados.
Se todos são iguais perante a lei, todos que sentiram na pele alguma forma de injustiça: negros, judeus, índios, nordestinos, todos os analfabetos do país, todos os marginalizados...; todos são merecedores de indenização.
Só será possível corrigir os erros do passado quando esses políticos sem ética e sem caráter cumprirem suas funções com seriedade, com ética; deixando para os filhos de todos os injustiçados um futuro melhor.

Beijo MBrief, gostei do novo visual, quanto ao novo nome do blog, terei que me adaptar, rsrssssss